SC Edição 14

06 abril 2021
(3 votos)
Author :   GA, Lda

SUMÁRIO

CONSIDERAÇÕES TEÓRICAS

07 | DEPRESSÃO LABORAL
A depressão laboral: alguns contributos para a sua compreensão
Nuno Álvaro Caneca Murcho

14 | BURNOUT
Análise bibliomérica de publicações sobre “síndrome de burnout” na base scopus
Diego Prata; Romeu Neto; Elias Júnior; Virgínia Gonçalves

CONSIDERAÇÕES PRÁTICAS

23 | DOENÇAS PROFISSIONAIS
Investigação e análise de doenças profissionais, na perspetiva da higiene do trabalho
Natividade Gomes Augusto

36 | LIDERANÇA
O papel do líder na cultura de segurança
Camila Bounassar

42 | HOP - HUMAN OPERATIONAL PERFORMANCE
Nosso destino é acertar!
José L. Lopes Alves

QUE FUTURO …

51 | UBERIZAÇÃO
O meu chefe é um algoritmo: reflexões preliminares sobre a uberização do trabalho
João Areosa

58 | TELETRABALHO
Teletrabalho e saúde mental em tempos de pandemia
Fátima Macedo

66 | BEHAVIOR BASED LEAN
Gestão de melhoria contínua baseado em comportamentos - BBL (Behavior Based Lean)
Natividade G. Augusto; César Petrónio Augusto

  • NOSSO DESTINO É ACERTAR!

    NOSSO DESTINO É ACERTAR!

    Nos domínios do que conhecemos como Desempenho Humano e Organizacional (HOP – Human and Organizational Performance), aprendemos e somos muitas vezes testemunhas que no ambiente do trabalhador a probabilidade da falha humana não é zero. Ou seja, errar parece ser inevitável, mas previsível. Nesse artigo propomos uma reflexão sobre isso na tentativa de responder à pergunta: se o nosso destino é acertar o que fazer para evitar as falhas humanas?

  • O MEU CHEFE É UM ALGORITMO: REFLEXÕES PRELIMINARES SOBRE A UBERIZAÇÃO DO TRABALHO

    O MEU CHEFE É UM ALGORITMO: REFLEXÕES PRELIMINARES SOBRE A UBERIZAÇÃO DO TRABALHO

    O novo formato de trabalho uberizado surgiu durante a última década e ainda está sem regulamentação ou legislação. Aos trabalhadores é vendida a ilusão de executar as suas tarefas com total autonomia, sem horários rígidos e nem ordens hierárquicas. No entanto, esta sedução é falaciosa, porque os trabalhadores estão sujeitos a um forte controlo no desempenho das suas tarefas, desde a cadência de pedidos, passando pelo controlo tecnológico (por exemplo, na sua localização e velocidade de entregas), até à avaliação de desempenho feita pelos clientes. A uberização do trabalho está a gerar nómadas urbanos que sobrevivem através de um subemprego e que estão despossuídos de direitos fundamentais de cidadania e dignidade. É urgente repensar esta nova forma de trabalho!

  • TELETRABALHO E SAÚDE MENTAL EM TEMPOS DE PANDEMIA

    TELETRABALHO E SAÚDE MENTAL EM TEMPOS DE PANDEMIA

    O teletrabalho sempre foi alvo de questionamentos com relação à necessidade de regulamentação e ao impacto na saúde física e mental do trabalhador. Em tempos de COVID-19, com a necessidade do isolamento social, a modalidade se tornou mandatória em grande parte do mundo, incluindo o Brasil. Aliado à pandemia, o teletrabalho trouxe impactos positivos e negativos à saúde mental dos trabalhadores. São apresentadas algumas possíveis medidas de intervenção para estes últimos impactos.

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…