SEGURANÇA NA ESTRADA_Sociedade (Automobilistas)

03 maio 2018
(0 votos)
Author :   Carlos Barbosa
CARLOS BARBOSA: Presidente do ACP Automóvel Club de Portugal (ACP)

CARLOS BARBOSA (Automóvel Club de Portugal)

Presidente do Automóvel Club de Portugal (ACP) desde 2004. Foi CEO e fundador, durante 25 anos, do maior jornal diário em Portugal, o Correio da Manhã. Diz à Revista Segurança Comportamental que a nível mundial há diferenças significativas em termos de segurança rodoviária, já que em países asiáticos é normal conduzir sem cinto ou capacete e na América do Norte existe uma fiscalização muito apertada. Sem dúvida que a adoção de comportamentos seguros é vista, de forma transversal, como antecedentes da segurança rodoviária. A cultura de segurança rodoviária é débil, não existem consequências para os prevaricadores, há falta de fiscalização e falta de campanhas de sensibilização. A mudança comportamental não se faz só pela repressão, mas sim previamente através da alteração de mentalidades, só assim se muda o paradigma. Há que rever urgentemente os conteúdos do ensino do código. As empresas ainda percebem a segurança rodoviária profissional como um custo, no entanto, se fizerem as contas, ganham muito mais se atingirem os “zero” acidentes. O Estado não tem sido exemplo para as empresas nesta matéria. Existe sim um défice brutal em conhecimento de segurança rodoviária sobretudo ao nível político, local e nacional.

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…