NOSSO DESTINO É ACERTAR!
Nos domínios do que conhecemos como Desempenho Humano e Organizacional (HOP – Human and Organizational Performance), aprendemos e somos muitas vezes testemunhas que no ambiente do trabalhador a
O MEU CHEFE É UM ALGORITMO: REFLEXÕES PRELIMINARES SOBRE A UBERIZAÇÃO DO TRABALHO
O novo formato de trabalho uberizado surgiu durante a última década e ainda está sem regulamentação ou legislação. Aos trabalhadores é vendida a ilusão de executar as suas tarefas com total
TELETRABALHO E SAÚDE MENTAL EM TEMPOS DE PANDEMIA
O teletrabalho sempre foi alvo de questionamentos com relação à necessidade de regulamentação e ao impacto na saúde física e mental do trabalhador. Em tempos de COVID-19, com a necessidade do
ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA DE PUBLICAÇÕES SOBRE “SÍNDROME DE BURNOUT” NA BASE SCOPUS
A bibliométrica é importante para entender e interpretar o estado da arte de respectivo tema e a abordagem científica sobre ele. A síndrome de burnout é uma doença pouco explorada no âmbito da
O PAPEL DO LÍDER NA CULTURA DE SEGURANÇA
A cultura de segurança de uma organização é pautada nos valores, percepções, atitudes, competências e padrão de comportamento de indivíduos e grupos. Manter uma cultura de segurança de cuidado mútuo,
MELHORIA CONTÍNUA BASEADA EM GESTÃO DE COMPORTAMENTOS - BBL (BEHAVIOR BASED LEAN ®)
A gestão Lean através de comportamentos, designada Behavior Based Lean – BBL ® vai beber conhecimento à engenharia e às ciências sociais. Implementar as ferramentas Lean não é suficiente para
INVESTIGAÇÃO E ANÁLISE DE DOENÇAS PROFISSIONAIS, NA PERSPETIVA DA HIGIENE DO TRABALHO
As doenças profissionais assumem a maior parte da fatia (86,3%) de mortes ligadas ao trabalho, no entanto é de estranhar que tenham menor visibilidade no sistema de gestão de segurança e saúde no
A DEPRESSÃO LABORAL: ALGUNS CONTRIBUTOS PARA A SUA COMPREENSÃO
A depressão laboral pode ter consequências muito graves, sendo assim é relevante que este fenómeno seja compreendido em termos conceptual, sendo este distinto entre stresse e burnout, de forma que a
RISCOS PSICOSSOCIAIS: ESTUDO DE CASO NO SETOR DA CONSTRUÇÃO
Os riscos psicossociais relacionados com o trabalho são uma das grandes ameaças para a saúde e segurança dos trabalhadores nos dias de hoje. Foi realizado um estudo empírico numa empresa de
FATOR HUMANO – COMPLEMENTARIDADE E INDEPENDÊNCIA ENTRE SAFETY I & SAFETY II RESULTA EM SAFETY
A abordagem Safety I baseada pela gestão de eventos que dão errado, tornou-se desadequada nas organizações atuais, mais complexas, interdependentes e de difícil decomposição. Surge a abordagem Safety
UTILIZAÇÃO EXCESSIVA DO SMARTPHONE: IMPLICAÇÕES PARA OS INDIVÍDUOS PELA NÃO RECUPERAÇÃO
Os smartphones são atualmente equipamentos que fazem parte do nosso dia-a-dia. A sua utilização está generalizada a nível global com valores de penetração no mercado superiores a 90%. Apesar de
GESTÃO DA EMERGÊNCIA E MUDANÇA COMPORTAMENTAL: Avaliação de Exercícios; Implementação de Medidas
Este artigo surge com o objetivo de apresentar a metodologia de gestão de emergência, assim como, momentos onde surge a possibilidade de promoção de mudança comportamental. São indicados requisitos
GAMIFICAÇÃO COMO TÉCNICA DE APRENDIZAGEM EM SEGURANÇA NO TRABALHO
Atualmente, as mais diversas áreas, incluindo a segurança no trabalho, estão adotando a tendência de engajar pessoas por meio da lógica dos jogos, a chamada – gamificação. Gamificação é um termo
ERGONOMIA COGNITIVA: CONFIABILIDADE HUMANA E COMPORTAMENTOS SEGUROS. Reflexão sobre o Programa de
Pouco se sabe, porém, muito se atribui à questão do erro humano ou fator humano relacionado aos acidentes de trabalho. Nesse contexto, a implementação do “programa de capacitação em ergonomia
  • ENVELHECIMENTO ATIVO E OS COMPORTAMENTOS SEGUROS EM SOCIEDADE

    ENVELHECIMENTO ATIVO E OS COMPORTAMENTOS SEGUROS EM SOCIEDADE

    Em Portugal, registaram-se mais de 2,1 milhões de idosos em 2017, o que equivale a cerca de 21% da população total no país. Segundo Euromonitor International os portugueses constituem a quinta população mais envelhecida do mundo. O processo de envelhecimento traz consigo, habitualmente, complicações diversas na saúde das pessoas, pelo que urge a importância crescente da prevenção e de novos comportamentos e hábitos de vida. Tendo este grupo de risco tendencialmente uma redução de mobilidade, uma das maiores preocupações, seja em casa ou na rua, são as quedas. São aqui apresentadas as medidas relacionadas não só com a mudança de comportamentos e hábitos do indivíduo tanto a nível físico, psicológico e social, mas também, nas condições habitacionais.

    Read More
  • FATORES HUMANOS NAS INVESTIGAÇÕES DE ACIDENTES. O modelo ABC e ABC reverso é usado para identificar comportamentos inadequados e propor soluções em investigações

    FATORES HUMANOS NAS INVESTIGAÇÕES DE ACIDENTES. O modelo ABC e ABC reverso é usado para identificar comportamentos inadequados e propor soluções em investigações

    Após um acidente existem muito esforço para determinar as causas raiz e recomendações respetivas, no entanto, não é raro que a ocorrência se repita. O drama se torna real quando precisamos escolher as recomendações, pois cada uma deve contribuir com sua “parcela de probabilidade”. Se não analisarmos profundamente o desvio comportamental, o tipo de erro cometido e sobretudo os fatores humanos envolvidos, a chance de sucesso é muito pequena. Este artigo contém uma sugestão de um método de análise, por abordar profundamente os fatores humanos envolvidos. São apresentados alguns conceitos e definições importantes que são fundamentais para a metodologia: erros internos e externos, fatores humanos e o modelo ABC e ABC reverso.

    Read More
  • INVESTIGAÇÃO DE UM ACIDENTE DE TRABALHO USANDO FERRAMENTAS DE MELHORIA CONTÍNUA. Um caso real numa operação de logística

    INVESTIGAÇÃO DE UM ACIDENTE DE TRABALHO USANDO FERRAMENTAS DE MELHORIA CONTÍNUA. Um caso real numa operação de logística

    Conhecer de forma aprofundada o acidente ou o problema, estimular o seu debate, utilizando ferramentas de melhoria contínua, resulta na identificação de causas raiz e na aposta certeira das ações de prevenção. Ter uma visão Lean sobre o problema, conduz à melhoria, promove a diminuição de desperdício, mais produtividade e entrega de mais valor para o cliente interno e externo. Segurança, melhoria contínua e logística, são aqui explanadas com um caso real de investigação de um acidente de trabalho ocorrido numa área de operações de logística.

     

    Read More

Perfis ...

  Investigação e Análise de Acidentes, Quase-Acidentes e Pré-Acidentes – Fatores Humanos (5.ªed.) – Perfis andragogicosAção instrutiva de apoio à Campanha EU-OSHA 202-22 “Locais de trabalho saudáveis – Aliviar a Carga”O que representa para si a imagem que suporta esta notícia, à luz de fatores ...

Hide Main content block

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…

REGISTE-SE

Tenha a oportunidade de aceder com celeridade às nossas publicações!